Sistema GOPH Diretrizes Gerais

Diretrizes Gerais

Corregedoria emblema.png
Corregedoria emblema.png

Departamento de Corregedoria GOPH 2020 ®

I – Apresentação do documento

As Diretrizes e Regras gerais é o instrumento pelo qual todos os membros da organização estão sujeitos a seguir, entendendo seus direitos e deveres. Tem como objetivo ainda ser complementar ao Código Penal Militar do GOPH – Grupo Organizado de Polícias do Habbo Hotel. De forma geral, estabelece o que é permitido ou não dentro da organização, e abrange regras para todos os corpos: Policial, Jurídico, Legislativo,  Empresarial e Administrativo (Supremacia).

II – Apresentação e Diretrizes da Organização

1. História: A Empresa foi desenvolvida por Rodrig@0. e orlando@=or no ano de 2007 pelo o Departamento de Justiça Habbiano, sendo uma junção com a antiga TATIC que estava sob o comando de Dj.Rodrig@0.,orlando@=or, bencaio100, ,th, barbie e sir.silva, entre outros.

2. Missão: O GOPH – Grupo de Polícias Organizadas do Habbo Hotel é uma Organização Policial cuja missão é fomentar o ramo policial como um todo, a Habbo Etiqueta e todas as empresas aliadas e afins, principalmente nas questões  que envolvam políticas de segurança, promovendo a união e a paz.

3. Objetivo: Fortalecer o GOPH e as empresas aliadas fazendo com que sejam referências no ramo policial. Além de dar suporte na medida do possível em todas as questões para o devido funcionamento das mesmas, bem como fazer o elo com demais instituições visando uma integração no Habbo Hotel, principalmente no que diz respeito à segurança. Tornar os seus funcionários os mais qualificados e respeitados de todo o ramo policial, estando aptos a resolver quaisquer problemas que sejam.

4. VisãoContinuar a ser reconhecida como a maior e melhor Organização Policial do Habbo Hotel, expandindo-se cada vez mais

5. Valores: Orgulho de ser GOPH; melhoria constante; integração, ética, respeito à todos e todas; inovação; prezar pelo bem-estar e capacitação dos funcionários; transparência e democratização das ações; segurança em primeiro lugar; humanidade; disciplina; determinação e garra; aliada em primeiro lugar.

6. Códigos e Comandos: os códigos e comandos são utilizados para dar maior facilidade e funcionalidade no trabalho da nossa empresa. Vejamos abaixo:

Códigos:

– Código 01: Ajudar a Aliada;

– Código 02: Exercer Funções;

– Código 03: Reunião;

– Código 04: Descanso;

— Código 05: Inválido no Momento;

– Código 06: Aula;

– Código 07: Evento;

– Código 08: Reunião com Corpo Administrativo;

– Código 09: Contratação;

– Código 10: Rondas.

Comandos:

Comando 01: Sentido

Comando 02: Saudações

Comando 03: Descansar

Comando 04: Agrupar (Juntar todos)

Comando 05: Silenciar (Ficar em silêncio)

Comando 06: Seguir

7. Departamentos, Setores, Órgãos e afins:

O GOPH possui, atualmente, três departamentos e um órgão.

Sendo os departamentos:

• Departamento Especial de Aliadas [DEA] : Oferece auxílio/suporte aos aliados.

• Departamento de Marketing [MKT] : Responsável pela divulgação interna e externa ao Habbo, além de promover eventos no GOPH!

• Departamento de Ouvidoria [OUV] : A Ouvidoria é um departamento que funciona  mantendo o elo entre os funcionários, ouvindo suas reclamações e denúncias de uma forma eficaz e ágil. 

• Departamento de Corregedoria [COR]: Departamento burocrático da Organização, responsável por criar e avaliar projetos dos demais funcionários, cuida também da fiscalização da empresa.

• Departamento Especial de Investigação Criminal [DEIC]: É o grupo de ELITE responsável por resguardar e salvaguardar a integridade da Organização GOPH, sendo assim realiza investigações, missões e infiltrações em instituições que apresentem risco a mesma. 

Sendo o Órgão:

• Instituição de Treinamentos Especiais [ITE]: Capacitação profissional de todos os funcionários.

• Recursos Humanos [RH]: Organizar todo o sistema e estrutura interna da organização, deixando todos os registros administrativos do fórum e site atualizados, proveniente da moderação das plataformas.

• GOPH News [GN]: Órgão Jornalístico tem como função trazer notícias sobre a Organização e manter todos os funcionários atualizados de qualquer mudança que ocorra dentro da empresa, além de trazer promoções afins de diversão, entretenimento e união de todos.

8. Meios de comunicação/redes/fóruns oficiais da GOPH:

Site: https://www.sistemagoph.com.br/

Instagram:  https://www.instagram.com/gophoficial

9. Reuniões de planejamento: As reuniões de planejamento são espaços de discussão, trocas e informações abertas para todos os funcionários, onde todos podem encaminhar projetos, sugestões, falar e ser ouvido, acontecendo todas as semanas.


III – Regras Gerais

REGRA 01 – Todos os funcionários, inclusive em código 04, são obrigados a usar a missão da empresa [Org.GOPH] – Cargo [TAG] [Departamentos].


Inciso I: Se o funcionário for pego sem missão de maneira adequada  irá receber uma advertência.


Inciso II: Todos os líderes, vice.líderes e/ou auxiliares de qualquer departamento deverão obrigatoriamente sinalizar tal função em suas missões. Exemplo.: [ITE-L] [DEA-L] .


Inciso III: Membros do ITE, OUV, DEA e MKT são obrigados a sinalizar [ITE], [OUV], [COR], [GN], [MKT] e/ou [DEA] em suas respectivas missões.

REGRA 02 – Funcionários do cargo de Corpo Jurídico em diante só poderão aplicar ADVERTÊNCIA mediante a autorização de um superior (Supremacia) desde que seja apresentada alguma evidência que justifique a aplicação da punição.


Inciso I: O funcionário que aplicar a punição sem autorização prévia será punido imediatamente (advertência ou demissão).


Inciso II: Todos os funcionários, do Corpo Executivo, a Ouvidoria através de suas análises e decisões poderão aplicar advertências, sem necessidade de aprovação de um membro da Supremacia, apresentando as devidas provas.

REGRA 03 – Nenhum funcionário deve possuir em seu perfil, emblema de outras organizações.


Inciso I: Se isso ocorrer o mesmo será demitido, sem direito a explicações.


Inciso II: É proibido funcionário GOPH trabalhar em outras empresas do Habbo Hotel. Ele terá que trabalhar somente no GOPH. Caso ele se encontre trabalhando em outro local terá que escolher onde ficar.


Inciso III: Em casos de grupos de memória, historiadores, reconhecimento ou afins, deverá ser analisado pela Supremacia ou Ouvidoria através de seu setor responsável.

REGRA 04 –  Todos os funcionários deverão utilizar em todos os lugares relacionados à GOPH ou em função institucional o uniforme, suas cores, etc de acordo com sua condição (não HC ou HC).
Inciso I: Uniforme feminino sem HC: Blusa oriental da cor do cargo, calça branca, sapato branco.


Inciso II: Uniforme masculino sem HC: Terno da cor do cargo, calça branca (Corpo Policial) ou preta (Corpo Jurídico acima) e sapato branco.


Inciso III: Uniforme feminino com HC: Blusa preta, com gravata na cor do cargo, casaco de manga comprida preto, saia preta e sapato preto.


Inciso IV: Uniforme masculino com HC: Terno e gravata da cor do cargo, calça branca (Corpo Policial) ou preta (Corpo Jurídico acima) e sapato branco.


Inciso V: Dispensa-se o uso o uso do uniforme quando em código 07 (quando deliberado pelo responsável do evento ou dependendo do caráter do código – festa etc)  ou em código 04.


Inciso VI: O Estatuto do Fardamento apresentado pela Supremacia é complementar à esta regra, devendo conter acessórios permitidos ou não, casos permitidos de modificação do uniforme oficial entre outros.


Inciso VII: Funcionários que não estiverem seguindo esta regra, bem como seus desdobramentos (Estatuto do Fardamento e modelos exemplificados nos manequins etc), serão advertidos.

REGRA 05 – A empresa não apoia nenhuma discussão INTERNA ou EXTERNA relacionada à organização.
Parágrafo único: Funcionários que envolverem a GOPH em brigas, serão demitidos.

REGRA 06 – Ao ser dado o código 01, todos os funcionários que estiverem online, devem responder ao chamado, no máximo 10 minutos.


Inciso I: Após esse tempo, o indivíduo poderá ser punido com uma advertência.


Inciso II: A regra não se aplica aos funcionários que utilizarem a sigla “AUS” na missão caso não esteja ativo no momento das atividades da empresa.


Inciso III: O funcionário flagrado com “AUS” na missão durante horário das atividades ativo em outros quartos será punido conforme estabelecido pela regra.


Inciso IV: É terminantemente proibido a presença de membros da GOPH em upadores sem a sigla “AUS” durante o período das atividades.

REGRA 07 – Funcionários advertidos tem 1 (uma) semana para poder reivindicar sua advertência, através do departamento de OUVIDORIA, para que a solução do caso ocorra sem qualquer conflito interno na empresa.


Inciso I: Nenhum membro da Supremacia (Corpo Administrativo) poderá revogar a decisão tomada.


Inciso II: Após à solução do problema, a advertência só poderá ser anulada pelo aplicador da punição, Supremacia, a liderança da ouvidoria ou o Instituidor da empresa.

REGRA 08 – Todos os funcionários da GOPH devem usar o seu emblema OFICIAL dentro das aliadas e quartos da empresa.


Inciso I: Funcionários flagrados, adentrando em aliadas e em quartos oficiais sem estar portando o grupo oficial estarão sujeitos a punições.


Inciso II: Nas aliadas, quando for necessária ajuda da organização nas recepções, os funcionários podem ir (porém sempre respeitando a hierarquia e política da empresa), ao contrário sente-se e observe a movimentação.

REGRA 09 – É proibido brigas, xingamentos e/ou brincadeiras em aliadas, bem como conversas paralelas em negrito.
Parágrafo único: Quando quiser se comunicar com algum funcionário sussurre, para não atrapalhar o atendimento da aliada.

REGRA 10 – Decretado a proibição das alterações dos uniformes em período de atividades principalmente em aliadas.

Inciso I: O funcionários que for pego quebrando o decreto será sujeito a advertência.


REGRA 11 – Nunca peça promoção.


Inciso I: A realização assertiva dos afazeres atribuídos aos funcionários dentro da organização, cumprindo as regras e diretrizes indicadas neste documento, resultarão em promoção

 
Inciso II: O funcionário que realizar o ato de requisitar promoção estará sujeito à possível rebaixamento

Inciso III: Conjuntamente, não se deve pedir direitos, o descumprimento de tal é passível de punição (Rebaixamento)

REGRA 12 – Todas as ausências/licenças deverão ser justificadas pelos funcionários no fórum em espaço específico para tal.


Inciso I: O funcionário que necessitar ausentar-se por um extenso período, 2 meses ou mais, deverá reformar-se para não ser demitido, porém para isso deverá ter 6 meses ininterruptos ativos.


Inciso II: Após 5 dias úteis sem logar o funcionário será demitido, caso não dê justificativa prévia.


Inciso III: Fica garantida a licença de 15 dias para todos os funcionários que precisem atender demandas familiares, acadêmicas ou de trabalho, no entanto, caso sejam da liderança de algum departamento deverão dar continuidade ao acompanhamento dos trabalhos/reuniões ainda que eventualmente ou abandonar a função.

REGRA 13 – O funcionário que levar três (3) advertências será rebaixado na Empresa, e caso ele ainda continue desobedecendo as regras e alcançar quatro (4) Advertências, será demitido do GOPH.

REGRA 14 – Um funcionário ficará no Comando (responsável em ”guiar” a organização no ciclo), ou seja, quando o mesmo chamar todos devem segui-lo e respeitá-lo como a autoridade máxima presente.


Inciso I: Somente o Corpo Legislativo acima podem realizar códigos, funcionários que realizarem sem autorização serão demitidos.


Inciso II: Durante o Código 01, o Comandante deverá ser o primeiro a entrar/sair da base e o Comandante Auxiliar ser o último a entrar/sair de base, devendo o Auxiliar ser responsável por fazer todos seguirem o Comandante.


Inciso III: O GOPH não responde a comandos de aliadas, para isso, deve-se esperar o comando do comandante do código.


Inciso IV: Somente poderá ser iniciado o código 09 na presença de funcionário com Controle Administrativo.


Inciso V: A sala do Centro de Operações e Códigos deverá obrigatoriamente ser utilizada para iniciar ou finalizar um código.


Inciso VI: Durante o Código 02 o Comandante deverá designar as funções iniciando pelo menor cargo presente até o maior, devendo assumir função somente caso não tenha outro funcionário.


Inciso VII: Ao iniciar o Código 09, obrigatoriamente o Comandante deverá informar até que cargo serão as contratações.



REGRA 15 – Moças e rapazes da Organização GOPH, é importante que haja colaboração e respeito dentro da empresa e em suas aliadas, portanto, namoros – romances – beijinhos – xavecos – cantadas – indiretas românticas & etc… não serão permitidos em horário de trabalho ou em um quarto relacionado a GOPH.

REGRA 16 – Quando uma aliada for atacada, os líderes dos DEPARTAMENTOS responsáveis (DEA/DEIC e em segundo caso a Supremacia) deverão ser automaticamente comunicados, na ausência dos mesmos, o Superior (Supremacia) que estiver online deverá prestar o devido apoio ao aliado.
Parágrafo único: Os demais funcionários devem se retirar do quarto, e continuar com as atividades normalmente, havendo desobediência, o funcionário deverá ser advertido.

REGRA 17 – Funcionários, que realizarem ataque sem autorização única (exclusiva) da Fundação acima ou atacarem uma empresa que estiver em acordo de paz com o GOPH, serão automaticamente demitidos.

REGRA 18 – Em código 01, o superior que estiver no comando, deve seguir o tempo  de permanência de 15 minutos em cada aliada visitada.

Parágrafo único: Em caso da aliada LOTAR antes do término do tempo mínimo, o superior pode mudar de aliada.

REGRA 19 – Nenhum funcionário pode ficar ausente em nenhum setor (recepção/Alavancas) de uma aliada ou do GOPH.
Parágrafo único:  Caso isso ocorra, o mesmo poderá levar 1 (uma) advertência e ser expulso do quarto ou serpado.

REGRA 20 – Ações que adicionem/removam/alterem/modifiquem uma regra, devem ser realizadas com a autorização do Corpo Administrativo (Supremacia) da Org. GOPH.


Inciso I: Se isso ocorrer sem autorização, de maneira direta ou indireta, o responsável pode ser advertido ou demitido.


Inciso II: Qualquer sugestão de modificação destas regras deve ser enviada à Ouvidoria para análise de sua admissibilidade, em seguida, devem ser colocadas na pauta da próxima reunião de planejamento para votação de todos os funcionários presentes.


Inciso III: Para tal regra ganhar ou perder validade, ela deverá ser publicada em todos os meios de comunicação do GOPH e é indispensável que passe a constar neste documento.

REGRA 21 – O funcionário que for flagrado cometendo abuso de seu poder nas dependências da empresa ou durante algum código, constatado o delito mediante as provas que forem apresentadas, poderá ser demitido imediatamente por justa causa.


Inciso I: É considerado abuso de poder toda ação de punição considerada exagerada dependendo da situação ou realizar atividades de algum cargo, função ou departamento sem pertencer ao mesmo ou ter autorização para tal.


Inciso II: O reclamante deverá registrar a denúncia de abuso de poder junto à Ouvidoria, responsável por receber as reclamações no prazo de até uma semana.


Inciso III: Será analisado, e apurado todas a provas e será aberto o CDE (Comitê de Ética) que irá ficar responsável, por levantar provas e dar o veredito final sobre presença ou ausência de abuso.


Inciso IV: Constatado o abuso de poder após uma rigorosa análise, o funcionário só poderá ser punido pela Ouvidoria e subscrito pela Supremacia (Incluindo os donos da empresa).

REGRA 22 – Todos os funcionários da empresa estão sujeitos a seguir as normas da Habbo Etiqueta, determinadas pela empresa responsável pelo Habbo, à SULAKE.

REGRA 23 – Sua vida REAL, pessoal sempre deve estar em primeiro lugar!

REGRA 24 – Os pagamentos realizados no GOPH, ocorrerão de 15 em 15 dias, mensalmente e serão realizados em MOEDAS, logo após a reunião de promoções realizada pela Fundação e o Conselho.


Inciso I: Cada cargo recebe um valor diferente, nenhum funcionário deve divulgar o valor do seu pagamento, pois a quantia do mesmo pode ser alterada se o indivíduo levar alguma advertência (Perda de 2 moedas no valor do pagamento, por advertência).


Inciso II: TODOS que estiverem presentes no dia e horário e estiverem na lista de pagamento irão receber a bonificação/pagamento.


Inciso III: Caso o funcionário não possa estar presente no pagamento, ele tem o prazo de 24 horas para recorrer ao mesmo, podendo ser descontado valores à critério da Supremacia.


Inciso IV: Os dias de pagamentos, podem ser alterados de acordo com a disponibilidade do corpo administrativo (Supremacia) da Org.GOPH, e deverão avisar com no mínimo 2 (dois) dias de antecedência à data inicialmente prevista.

REGRA 25 – Todo funcionário que sair da Empresa, caso queira retornar a GOPH, será somente com dois (2) cargo a menos do qual ocupou anteriormente.


Inciso I: Entende-se dois cargos a menos do ocupado o seguinte: caso tenha saído como Presidente, retorna como Desembargador.
Exemplo:  
Presidente > Vice.Presidente > Desembargador.
    antigo cargo  –  1 cargo – 1 cargo  =  novo cargo
Inciso II: Caso alguém se demita e retorne em até 24 horas será redesignado ao mesmo cargo, exceto se o mesmo entrar em outra polícia/organização.


REGRA 26 – Nenhum funcionário deve, independente de quaisquer circunstâncias desativar o STATUS ONLINE, a opção SEGUIR, ADICIONAR AMIGOS ou ativar a opção ESCONDER PERFIL.
Parágrafo único: Se o funcionário for pego com algum destes desativado/ativado, será advertido ou demitido sem direito a explicações.

REGRA 27 – O funcionário com histórico de auto demissões ou demissões superior a três desligamentos será automaticamente banido do GOPH pelo período de 06 meses.
Parágrafo único: Poderá ocorrer, dependendo da frequência de demissão o funcionário poderá ser banido permanentemente da Org.GOPH.

REGRA 28 –  Todos deverão seguir e respeitar a hierarquia da empresa, a saber:

CORPO POLICIAL: Trainee, Coordenador, Inspetor, Superintendente;

CORPO LEGISLATIVO: Fiscal, Auditor, Comissário, Corregedor;


CORPO JURÍDICO: Ministro, Diretor, Procurador, Desembargador;


CORPO EMPRESARIAL: Vice Presidente, Presidente, Co. Fundador, Executivo, Diplomata;


CORPO ADMINISTRATIVO (SUPREMACIA): Chanceler, Conselheiro, Fundador, Supremo e Dono.

Inciso I: Ficam proibidas as contratações para o Corpo Empresarial, devendo haver ingresso neste corpo somente através de promoção ou compra de cargos, salvo para membros do Corpo Administrativo.


Inciso II: Novas contratações deverão ser feitas com base nos relatórios do setor de Corregedoria do Departamento da Ouvidoria e os contratantes só podem contratar até um (1) cargo abaixo do seu


Exemplo: Fiscal contrata até Inspetor.
Inciso III: Somente Fiscais acima e devidamente habilitados com o Curso de Contrato poderão contratar.
Obs: Essa Regra Não vale para o Corpo Administrativo/Supremacia

REGRA 29 – Todas as ações sejam administrativas, departamentais ou de corpos devem ser obrigatoriamente postadas no fórum.
Inciso I: Entende-se por ação administrativa: demissões, contratações, advertências, rebaixamentos, venda de cargos, ausências, licenças etc.


Inciso II: Entende-se por ações departamentais todas aquelas que envolvem o funcionamento da organização, tais como: aulas, cursos, atas de reuniões de planejamento ou de promoção, relatórios internos ou externos que devam ir para conhecimento público, aliadas ativas, inativas, avisos, divulgação dos membros, entre outras informações essenciais.


Inciso III:  Entende-se por ações de corpos todas aquelas que forem designadas ou feitas por poder deliberativo instituído (Supremacia), tais como: novas orientações, avisos, relatórios, etc.

REGRA 30 – Todos os projetos aprovados em reuniões de planejamento ou similares deverá ser executado o mais breve possível pela Supremacia e caso não seja viável a aplicação do mesmo, deverá ter um feedback para o autor do projeto para que este repense estratégias para execução do mesmo ou arquive.

REGRA 31 – Todos os membros de departamentos estarão sujeitos às regras internas do mesmo e em caso de descumprimento deverão ser penalizados com o que é previsto internamente, neste documento ou no Estatuto de Justiça Penal Executiva do GOPH.

REGRA 32 – Aliadas que atacar umas as outras deverão ser convocadas para conversa com o DEA/DEIC e a Supremacia do GOPH, fazendo um acordo de paz e caso não seja possível, as realizadoras do ataque deverão ser banidas da aliança com o GOPH.

REGRA 33 – Somente os donos da Organização GOPH, tem o poder de desbanir qualquer um que esteja presente na lista negra, do GOPH.

REGRA 34 – Nenhuma pessoa, que for considerado terrorista pelo Ramo Policia, ou esteja na lista negra da Organização GOPH pode ser contratada, estar presente em grupos da empresa mesmo sendo oficial/não ou estar presente nas salas oficiais da GOPH.

Inciso I: Essa regra será anulada somente com a permissão dos 3 Donos oficiais da Organização GOPH.

REGRA 35 –  Todo membro que for solicitado para ser interrogado dentro da Organização GOPH pelo setor de inteligência SHIELD terá que comparecer, há falta determinará em rebaixamento.

Inciso I: Apenas membros do setor de inteligência, o acusado e os Donos da empresa podem estar presente no interrogatório.

Inciso II: Caso o acusado divulgue qualquer coisa feita no interrogatório, será demitido imediatamente e sem o direito a explicações ou retorno para a Organização.

REGRA 36 – É extremamente proibido o uso de qualquer Virtual Network Private (VPN), Virtual Private Server (VPS) ou camuflado IP em qualquer site/fórum da organização.

Inciso I: Essa regra apenas pode ser desconsiderada pelo setor de inteligência e segurança da empresa, pelos donos ou o departamento de tecnologia [IST]

robert@sistemagoph.com.br